Meio Ambiente
Publicada em 27 de Agosto de 2016 ás 22:09:03

Ivete canta com Plácido Domingo no Amazônia Live

Divulgação/Amazônia Live
Dupla dividiu palco em Manaus
Um palco em formato de folha e um repertório com canções que exaltam a natureza, o Brasil e a união entre os povos foi a combinação para uma apresentação inédita em pleno Rio Negro. O cunho social que o festival Rock in Rio prega desde 2001 também deu o tom nesta primeira edição do Amazônia Live. O evento, realizado a um ano do festival de música, emocionou com apresentações dos tenores Plácido Domingo e Saulo Lucas, do guitarrista Andreas Kisser e da cantora Ivete Sangalo.
 
O show iniciou às 18h (horário de Manaus) com Kisser tocando o tema do Rock in Rio, acompanhado pela Orquestra Amazonas Filarmônica e pelo Coral do Amazonas. O tenor Saulo Lucas, que é autista, apresentou uma versão para “Canto Della Terra”, de Andrea Boccelli.
 
Ovacionada, a cantora Ivete Sangalo foi levada ao palco sob gritos de “linda”."Que a gente traga no peito, mais do que nunca, a consciência que é nossa responsabilidade cuidar do nosso planeta", disse a baiana.
 

Em seguida, foi a vez da baiana fazer um dueto com o tenor Plácido Domingo. O cantor chegou a tropeçar no caminho para o palco, mas não se machucou. Os dois apresentaram uma versão para "Aquarela do Brasil", de Ary Barroso. "É honroso ter essa página na minha carreira e ter a sorte de estar nesse lugar maravilhoso", afirmou Ivete, após o show.Ivete cantou, bastante emocionada,  “Circle of Life”, composta por Elton John para a trilha sonora do filme “O Rei Leão”, de 1994, e cuja letra exalta a natureza e o caminho traçado pelos seres vivos.
O evento teve transmissão pelo canal "Multishow" e foi assistido de perto por um grupo de convidados. Entre eles, estavam os músicos Lenine e Samuel Rosa e os atores Eriberto Leão, Marcos Palmeira e Christiane Torloni.Um festival de cores invadiu o palco após o dueto de Ivete e Plácido Domingo, com ritmos brasileiros como o frevo apresentados pela Filarmônica e que foram a deixa para o tenor retornar com "Nemico Della Patria" e outras canções líricas, seguidas por uma apresentação de "Tico Tico no Fubá" pelo violonista espanhol Pablo Villegas. A cantora lírica Ana Maria Martinez cantou "As Bachianas nº 5", de Heitor Villa-Lobos. O repertório teve ainda "Sabor a Mi", "Besame Mucho" e "Tonight" (do musical 'Amor, Sublime Amor').

Cunho socioambiental
 
A meta do projeto é plantar pelo menos um milhão de árvores na região das cabeceiras do Xingu. O plantio inicia em outubro de 2016 e terá mais uma etapa em 2017, após o Rock in Rio, segundo informações do gerente de projetos do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio), Alexandre Ferrazoli.
 
“É um grande evento com uma repercussão mundial e o envolvimento de formadores de opinião. Somente para o plantio dessa primeira etapa, estão envolvidos R$ 3 milhões da iniciativa privada. O Rock in Rio Lisboa captou recursos na faixa de 40 mil euros. Vão ter captações até 2017 para mais recursos e plantio de árvores. A meta é chegar em quatro milhões de mudas plantadas até 2020”, disse Ferrazoli.

O trabalho nas cabeceiras do Xingu é coordenado pelo Instituto Sócio Ambiental (ISA) e envolve 15 municípios do Mato Grosso. 

*As informações são do "G1 Amazônia"

Redação BK2

 
Publicada em 27 de Agosto de 2016 ás 22:09:03
Outras Notícias de Meio Ambiente
16 de Novembro de 2016 ás 00:34:49
13 de Novembro de 2016 ás 13:52:34
04 de Setembro de 2016 ás 06:53:50
01 de Agosto de 2016 ás 09:19:15
23 de Abril de 2016 ás 13:04:53
Big Brother Brasil
Cidades
Música
Empregos e Concursos
Economia
Carnaval
Natal
Copa 2014
Olimpíadas 2016
Mundo Rock
São João da Bahia
Radar
Mundo Gospel
Quentura
Jogos BK2
Cursos 24 horas
 
Jogue Grátis
Cursos 24 horas
Compras On-line