Cidades
Publicada em 09 de Novembro de 2016 ás 20:15:09

Sindicato dos rodoviários adere a paralisação nacional nesta sexta-feira (11)

Os ônibus do transporte público de Feira de Santana vão paralisar suas atividades na próxima sexta-feira (11). Isto porque os rodoviários aderiram à greve geral nacional contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita o teto dos gastos públicos pelos próximos vinte anos.

De acordo com o presidente do sindicato da categoria em Feira, Alberto Nery, o vice-presidente, que estava no cargo como interino, José de Souza, participou de uma reunião da Confederação Nacional de Transporte em São Paulo, juntamente com a Central Única dos Trabalhadores (CUT), onde deliberaram sobre a paralisação do sistema de transporte.
 
“Colocam que quem for contra a PEC é contra o Brasil, mas é muita audácia atribuir a responsabilidade da saúde, da educação, ao nosso povo e permitir que a saúde seja reajustada apenas pelos índices da inflação durante vinte anos. Isso é permitir que a saúde continue da forma como está; o nosso povo reclamando da falta de atendimento, das pessoas morrerem nas filas, da péssima educação que tem hoje o nosso estado e o nosso país. Então permitir que sejam reajustados pelo índice da inflação, é permitir que as coisas se agravem ainda mais”, disse Alberto Nery sobre os motivos da paralisação.
 
Ele informou ainda que os rodoviários não colocarão um percentual de 30% da frota dos ônibus à disposição da população, a não ser por decisão judicial. “Numa greve geral não se determina que sejam colocados 30% da frota na rua, mas se formos notificados pela Justiça, evidentemente que os sindicatos envolvidos irão fazer conforme a lei”, salientou.
 
Medidas legais
 
O secretário de Transporte e Trânsito do município, Pedro Boaventura, em entrevista por telefone, informou que está reunido com representantes do setor na manhã desta quarta-feira (9) para definir o plano de ação que será adotado diante da paralisação dos ônibus. "Os rodoviários ainda não se pronunciaram sobre o assunto, e a secretaria estuda ingressar com as medidas legais para garantir que pelo menos 30% da frota continuem nas ruas", afirmou.

Redação BK2 com informações do Acorda Cidade

 
Publicada em 09 de Novembro de 2016 ás 20:15:09
Outras Notícias de Cidades
18 de Março de 2017 ás 13:00:21
17 de Março de 2017 ás 09:56:38
23 de Dezembro de 2016 ás 15:40:43
14 de Dezembro de 2016 ás 10:43:17
11 de Dezembro de 2016 ás 12:14:02
Big Brother Brasil
Cidades
Música
Empregos e Concursos
Economia
Carnaval
Natal
Copa 2014
Olimpíadas 2016
Mundo Rock
São João da Bahia
Radar
Mundo Gospel
Quentura
Jogos BK2
Cursos 24 horas
 
Jogue Grátis
Cursos 24 horas
Compras On-line