Especiais
Publicada em 20 de Julho de 2017 ás 15:12:03

Mães empreendedoras: dicas para trabalhar pela internet

Você quer continuar trabalhando depois da licença-maternidade, mas não quer abrir mão do tempo que passa com o bebê... O clássico dilema de mulheres com filhos pode estar com os dias contados. Para passar mais tempo com as crianças, muitas mulheres resolveram abrir um negócio pela internet e trabalhar de casa. Para tirar todas as dúvidas sobre como ser mãe e, também, empreendedora digital, conversamos com o consultor Gabriel Dualiby, professor de Tecnologia da Informação do Senac - SP. 

Vale a pena trabalhar pela internet?
Trabalhar de casa, não necessariamente com um produto ou serviço virtual, é uma realidade: ¼ da população brasileira já aderiu ao home office, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ser ou não online é uma opção da mulher. Por ser digital, você terá mais flexibilidade para também cuidar do bebê - o que não conseguiria em um emprego convencional. Mas não se engane: como qualquer outro negócio, o virtual demanda tempo e acompanhamento constante. Para que cresça - em visibilidade e vendas - a dedicação deve ser a mesma do que ter uma loja física.
 
Por onde começar?
Ser uma mãe-empreendedora requer planejamento. Abrir um negócio no susto é perigoso: segundo um estudo recente do IBGE, seis de dez empresas não sobrevivem após cinco anos de atividade no Brasil. Portanto, se você já começa a se preparar ao longo da gravidez, a chance de sucesso é maior. Isso significa montar um plano de negócios. Com ele, você pontua com clareza aspectos importantes do seu negócio: quais são as suas expectativas; quem é o seu público e qual necessidade você vai atender; em quanto tempo deseja conquistar sua principal meta; até onde quer crescer; quanto pretende gastar e também ganhar; quanto tempo pretende despender para essa nova atividade. Essas questões permitem entender se o negócio é ou não viável. Tenha em mente que você ainda estará se dividindo entre dois “trabalhos”: a nova empresa e a maternidade. E é preciso entender como vai encaixar um no outro. Lembre-se de que trabalhar online significa ter mais flexibilidade, não ter menos trabalho.
 
Como escolher a área de atuação?
Observe seu ciclo de amizades e influências: há alguma necessidade que esses grupos têm e ainda não são atendidos? Leve em consideração o que você gosta de fazer e, principalmente, o que você faz bem. Pergunte para quem você puder: “Qual a sua maior dificuldade hoje?” Se você começar a ver que muitas pessoas têm as mesmas carências, bingo, tem aí uma possibilidade de mercado. Produção de conteúdo é uma vertente muito grande para mães-empreendedoras: blogs sobre maternidade e suas mil possibilidades; consultoria; canais de YouTube, e-commerce, site, franquias virtuais.
 
Como divulgar o produto e serviço?
Comece pela sua rede de contatos. A indicação e o boca a boca são fundamentais. As redes sociais também são fortes: quando sua marca já estiver maior, vale até impulsionar posts no Facebook e no Instagram ou fazer uso de ferramentas que auxiliam na visibilidade da sua marca por meio de palavras-chave. Não se esqueça de escutar constantemente todos que estão a sua volta, principalmente o mercado no qual está inserida. Pergunte como você pode melhorar, se as pessoas comprariam ou não o seu produto, e por qual motivo. Esse feedback constante ajuda no desenvolvimento.
 
Como se organizar?
Há certos trabalhos, como venda de seguros, por exemplo, em que o horário é mais fixo - você, inclusive, pode colocar um horário de expediente no seu site. Já um e-commerce funciona 24 horas por dia e, portanto, a dinâmica é outra. Se esta for a sua opção, que tal separar todos os pedidos no final do dia? É preciso levar em conta o tempo de produção e entrega daquele produto.
 
Como não cair em ciladas?
A primeira atitude é desconfiar de dinheiro muito fácil. Ninguém fica rico em uma semana ou em um mês. Por mais que seu produto seja próspero, você primeiro precisará gastar dinheiro para divulgá-lo. Com isso, virão as vendas e, consequentemente, o dinheiro.
 
Quais são as vantagens e desvantagens de ter um negócio pela internet?
A principal vantagem é poder organizar seus horários de empreendedora e de mãe. Por ser online, você consegue se planejar melhor, impor limites de horário e ter disciplina. Mas é inevitável, pelo menos no começo, misturar negócio com vida pessoal.
 
Se o negócio demorar para vingar, por quanto tempo devo insistir?
Pare evitar frustrações, já antecipamos: demora mesmo! Investimento (de tempo e dinheiro) é importante para crescer, então você precisa saber aonde quer chegar. Isso significa planejar de antemão quanto vai gastar e até quando. Um erro comum é a pessoa encarar o negócio como oportunidade única na vida e gastar mais do que tem. Vá com calma, dando pequenos passos. Até para você ver se é isso mesmo que quer. Se não for, tente outra coisa. Por isso é importante controlar os gastos no início. Enquanto a empresa tiver empatada, sem prejuízos, está valendo. A partir do momento em que você começa a, efetivamente, perder dinheiro e não enxerga perspectivas, parta para outra.
 
Como precificar seu produto ou seu tempo?
Essa é, provavelmente, a principal dúvida de quem resolver abrir o próprio negócio. Em relação ao produto, você deve levar em conta o custo do material; quanto tempo gastou para ir comprar o material; impostos que precisará pagar; mão de obra; o custo da operação (se você paga uma plataforma de e-commerce, esse valor precisa ser contabilizado); quanto você quer ganhar.
Caso trabalhe com serviço, a conta muda um pouco: além do custo da operação, é preciso descobrir o custo da sua hora de trabalho. Por exemplo: vamos supor que você ganhava R$ 2.000 ao mês trabalhando oito horas diárias em seu antigo emprego. Com isso, conseguia pagar suas contas. Pense, então, em quantas horas está disposta a despender agora e multiplique por 20 dias (úteis) e terá o custo da sua hora. Se quiser ganhar mais, pode aumentar seu custo de hora ou trabalhar mais horas.
 

Redação BK2 com informações da Revista Crescer

 
Publicada em 20 de Julho de 2017 ás 15:12:03
Outras Notícias de Especiais
24 de Outubro de 2017 ás 11:44:48
05 de Outubro de 2017 ás 12:17:53
05 de Outubro de 2017 ás 11:58:14
13 de Setembro de 2017 ás 09:52:48
16 de Agosto de 2017 ás 14:27:31
Big Brother Brasil
Cidades
Música
Empregos e Concursos
Economia
Carnaval
Natal
Copa 2014
Olimpíadas 2016
Mundo Rock
São João da Bahia
Radar
Mundo Gospel
Quentura
Jogos BK2
Cursos 24 horas
 
Jogue Grátis
Cursos 24 horas
Compras On-line